quinta-feira, 28 de outubro de 2010

Revelações e enganos



Alguns anos atrás uma noticia abalou muitos evangélicos do Brasil, aconteceu no Acre, um suposto líder carismático, juntamente com sua esposa liderando um grupo de seringueiros analfabetos, começou a sofrer da síndrome de Herodes, centralizar a atenção a devoção e adoração a própria pessoa. Afirmavam receber revelações de Deus, e tudo acabou em tragédia como sempre planeja o diabo. Estampados nos jornais estava a manchete: ¨líder diz que matou por ordem de Deus`. Não é a primeira vez que isso acontece na historia da igreja, o caso de Jim Jones e outros casos, de supostos pseudo-evangélicos que trilharam o caminho da abominação e que mancharam a integridade do evangelho, deveria ser lições para a igreja moderna, que deveria estar alerta com relação a muitos lideres que querem manipular e dar a palavra final como se fossem intocáveis profetas de uma nova ordem. Alias o fanatismo e todas as formas perversões religiosas, sempre contribuíram para o avanço do reino das trevas. Supostos Dons de revelações, manipulações psicológicas, pressões emocionais e outras parafernálias metafísicas não representam o verdadeiro cristianismo. Mas o problema é que essas coisas correm solta em muitas denominações evangélicas atuais. E pior de tudo, de forma tão natural que poucos lideres estão preocupados com esses excessos. Alias o mal mais assustador não são esses escândalos, mas um contingente enormes de lideres que não enxergam o perigo e expõe uma congregação ao perigo, pela falta de discernimento com relação ao assunto. A ênfase ao culto a personalidade, ênfase exagerada e desequilibrada com relação a batalha espiritual, as visões extrabiblicas e antibilicas, a manipulação sob pressão, usando de técnicas nefastas para enganar e manipular o povo. Embora os seringueiros vitimas de embustes do episodio ocorrido em novembro de 1998, sejam analfabetos como citou a reportagem, meu temor é que uma geração de analfabetos bíblicos, que se intitulam de cristãos, vivem uma vida sem qualquer conhecimento bíblico elementar acreditando em tudo e em todos. o analfabetismo bíblico não é uma generalização, mas é o mal predominante da nossa época. Como nosso povo estará preparado para o forte engano, se não se submeter ao rigor de viver uma vida em plena intimidade com a palavra de Deus, e a estuda-la com toda diligencia como fazia os crentes de gerações passadas. Jesus deixou o alerta: Porque surgirão falsos cristos e falsos profetas, e farão tão grandes sinais e prodígios que, se possível fora, enganariam até os escolhidos. (Mt 24:24). Uma geração de espiritualidade superficial, será presa fácil para os falsos profetas que virão com engano profundo.


CJJ

Era de aquário ou era do fogo?



O movimento Nova Era ou New Age, alicerça seus ensinos numa suposta mudança de paradigmas astrológicos. A transição da era de peixes para a era de aquários, representativo das águas.

É uma suposição pouco plausível dentro a perspectiva escatológica do novo testamento.

Todo o ensino relativo ao futuro no que concerne a escatologia neotestamentaria, esta ligada ao juízo com fogo e não há qualquer simbolismo ligado com as águas. Jesus já ensinava: E também agora está posto o machado à raiz das árvores; toda a árvore, pois, que não produz bom fruto, é cortada e lançada no fogo. (Mt 3:10) e Pedro também: Mas os céus e a terra que agora existem pela mesma palavra se reservam como tesouro, e se guardam para o fogo, até o dia do juízo, e da perdição dos homens ímpios. (2Pe 3:7). Temos ainda a informação de João com relação ao futuro: E vi um novo céu, e uma nova terra. Porque já o primeiro céu e a primeira terra passaram, e o mar já não existe. (Ap 21:1). O que vimos com relação ao final dos tempos não tem nenhuma ligação com águas, como supõe a era de aquários, o que vimos predominando nos finas das eras é o fogo, seja ele literal ou simbólico. O estado final dos ímpios será no lago de fogo: Mas, quanto aos tímidos, e aos incrédulos, e aos abomináveis, e aos homicidas, e aos fornicadores, e aos feiticeiros, e aos idólatras e a todos os mentirosos, a sua parte será no lago que arde com fogo e enxofre; o que é a segunda morte. (Ap 21:8). Estejamos atento para os sinais do fim, pis na medida em que o tempo se aproxima, a igreja mais e mais será descartada, desacreditada e a mensagem apostólica desacreditada. A igreja do fim dos tempos deve ser uma igreja preparada para qualquer tipo de oposição, seja ela do mundo ou do inferno. Essa suposta era de aquário simplesmente contradiz as profecias bíblicas: E o quarto anjo derramou a sua taça sobre o sol, e foi-lhe permitido que abrasasse os homens com fogo. (Ap 16:8), estejamos atentos e não durmamos na vida espiritual.

CLAVIO JUVENAL JACINTO

A IMPORTANCIA DA COSMOVISÃO BIBLICA



Eu ouvi recentemente um amigo e irmão em CRISTO, falar sobre um sermão que tinha ouvido no culto de “doutrina”. Ele falou de sua decepção ao ouvir a mensagem descontextualizada e completamente equivocada do pregador a respeito do perdão. Logo em seguida ele me abriu a bíblia e mostrou como a mensagem estava errada, descontextualizada e equivocada. Então eu salientei a ele a importância do cristão ter uma cosmovisão bíblica. Ter noção do que a bíblia ensina e usar seus princípios praticas no nosso cotidiano e crer nas doutrinas básicas do cristianismo, e acima de tudo ter uma visão ampla das escrituras, fruto de uma leitura apaixonada, sistemática e proveitosa. Ressaltei que ele não foi enganado, justamente porque tinha essas qualidades, era conhecedor profundo das escrituras e aplicava seus princípios e padrões na sua vida. Ter uma cosmovisão bíblica é fundamental nesses dias em que estamos vivendo, onde muitos pregadores modernos não estão comprometidos com as verdades do evangelho. Dentro de uma cosmovisão bíblica, a responsabilidade dos pregadores é levar a mensagem de arrependimento, novo nascimento e principalmente enfatizar a mensagem da cruz. Talvez a mensagem cristã na sua essência não seja tão popular, ela não transmite odor político, mas tem o único objetivo de pregar a sã doutrina, o evangelho verdadeiro que produz verdadeiras conversões. Nessa caso está em foco a mensagem, não a questão do êxito ministerial, a fama a popularidade e os resultados em série. EM Tito 2:1 paulo nos exortou a pregar a sã doutrina, portanto o n osso compromisso é obedecer, os resultados não depende da nossa vontade mas da vontade de DEUS. Se não tivermos uma visão assim, nosso evangelho pode ficar comprometido.

Numa cosmovisão bíblica, aquilo que a bíblia ensina é o que importa, os absolutos de DEUS, a divindade e nascimento virginal, o novo nascimento e a doutrina do arrependimento, a separação do mundo, a inerrancia e a inspiração plenária das escrituras, a total suficiência das escrituras em questões doutrinarias, e outras doutrinas de valiosa importância, jamais podem ser deixados de lado.

Não podemos mudar a verdade de DEUS em mentira como descreve Romanos 1:25, e só podemos evitar isso se abraçarmos a cosmovisão cristã. Precisamos entender a bíblia como o livro divino que nos capacita ver o mundo e entender a partir de uma ótica do plano divino. A bíblia tanto fala sobre realidades físicas como também sobre realidades espirituais. É abraçando pois a cosmovisão cristã, que estabeleceremos convicções fortes a respeito de nossa fé. Uma visão distorcida do cristianismo compromete todo o sistema e gera erros que causam danos irreparáveis. Precisamos estar atentos a isso.

Não podemos pregar a nós mesmos(II Corintios 4;5) mas devemos pregar a palavra(II Timoteo 4;2). Mas se a palavra de DEUS não ocupar um lugar exato em nossa vida cristã, se a nossa vida espiritual não estiver na medida do possível no lugar certo em nossas vidas, então, nosso cristianismo vira humanismo cristianizado. Creio que os valores judaicos cristãos estão perdendo força em nossas convicções pessoais. E isso é perigoso, creio que as doutrinas fundamentais do cristianismo bíblico está cada vez mais ficando de lado nesse mundo pós moderno. É pois preciso alertar aos cristãos a respeito da importância de abraçar uma cosmovisão cristã equilibrada e viver comprometidos com os princípios da palavra de DEUS e seus ensinos em todas as áreas da nossa vida.

CLAVIO JUVENAL JACINTO

quarta-feira, 27 de outubro de 2010

Para você refletir

Não haverá grande conquista sem ousadia na luta

A adoração é o estilo de vida de um cristão saudável

Quando a igreja não mais adora, a ´porta fica aerta para o Espírito Santo ir embora

Quando a fé não é eficiente, o evangelho não é suficiente

O derramar de uma vida em humilhação a DEUS é o caminho mais seguro para a exaltação

As estrelas estão distantes de um coração adormecido. Assim é o homem que não crê em DEUS

Ao coração aflito, a mensagem do evangelho é um remédio divino.

Viver é adorar a DEUS, e adorar a DEUS é viver a plenitude da vida.

O céu deve ocupar todo o meu coração hoje, para que meu ser inteiro ocupe o céu amanhã.

Minha suficiência é CRISTO, minha deficiência sou eu mesmo.



CJJ

A sua árvore genealógica

Que tal descobrir seus antepassados e saber a respeito da sua linhagem, de onde veio seus parentes antigos e construir sua arvore genealógica? A myheritage, oferece gratuitamente um software que permite você desenvolver a sua genealogia e descobrir de onde veio seus antepassados. Acesse e baixe o programa:

http://www.myheritage.com.br/family-tree-builder

BOA VIAGEM AO PASSADO...

A arvore



Eu sou o calor da lareira

Nas noites frias de inverno

Sou a sombra que te protege

Do calor do sol do verão

Meus frutos matam a tua fome e

Tua sede ao longo da jornada

Sou a trave que sustem a tua casa

A porta do teu lar

O leito em que tu dormes

Sou a tabua do teu barco

O cabo da tua ferramenta

A grade do teu berço

Sou o papel dos teus livros

O ar que tu respiras

A mesa em que tu comes

E a madeira do teu caixão

Eu fui a cruz que matou o salvador

Para te dar a eterna salvação.

Proteja a natureza que DEUS criou com sabedoria

Autor: anônimo

Adapatado por Clávio Juvenal Jacinto

Exercendo um ministério epistolar





O Alerta de prisioneiros é um projeto idealizado para que cristãos ocidentais escrevam cartas de encorajamento para os cristãos perseguidos e aprisionados em paises fechados ao evangelho. Na pagina está disponível endereços, mensagens de encorajamentos para os prisioneiros e versículos bíblicos em diversos idiomas, para serem usados nas cartas que você deseja enviar. É tempo de despertarmos e ajudarmos no ministério do consolo e da solidariedade junto aos irmãos que estão encarcerados por causa do evangelho.

Acesse:

www.alertadeprisioneiros.com.br

e acima de tudo escreva! Faça a sua parte, seja diferente em um cristianismo cheio de cristãos indiferentes.

sábado, 23 de outubro de 2010

Esperança




Que a esperança seja como

A amanhecer

Porque a luz sempre

Sempre nos conduz

Aos lugares seguros

Que a esperança seja como os lugares

Altos.

Porque nas alturas contemplamos

A distancia e sabemos o destino

A percorrer

Que a esperança brilhe como as estrelas

Que mesmo sendo solitárias na noite,

Ainda assim conseguem brilhar

Aos olhos daqueles que sabem contemplar

Que a esperança seja a força da tua vida.

Amor em Intensidade




E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento. (Mateus 22:37)

Ao lermos tão sublime mandamento, posso concluir sem duvida nenhuma de que DEUS não aceita amor superficial, não aceita adoração supérflua e muito menos oração sem intensidade. Tudo funciona assim no verdadeiro cristianismo, Jesus pegou as palavras do AT, e as coloca como norma de vida espiritual também para os crentes da Nova Aliança. A expressão “de todo” significa algo completo, intenso, exato no seu sentido espiritual. Quem experimenta isso no culto? E nas devoções diárias? E nas horas reservadas para estar a sós com o SENHOR, quem experimenta a intensidade de um amor assim?. Nós estamos vivendo uma superfluidade tão grande, que para a maioria dos cristãos esse versículo citado por Jesus, e que se faz um mandamento de grande importância, perde-se no emaranhado de nossa religiosidade rasa e descomprometida. Amar a DEUS de todo o nosso coração, muitas vezes implica sacrifícios pessoais, perdas irreparáveis para o ego, mortificação profunda da nossas paixões terrenas. Tal amor envolve nosso coração, nossa alma e nosso pensamento. É algo que envolve todo o o nosso ser, toda a nossa personalidade, toda a nossa pessoa, sei interior e exterior. Quantos alcançam esse nível de amor? Não sabemos. Tenho certeza que são poucos, muito poucos, os que de fato cumprem esse requisito em nossos dias: E Jesus disse-lhe: Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, e de toda a tua alma, e de todo o teu pensamento.

Embora DEUS deva ser o foco do nosso amor, nem sempre o amamos como ele merece ser amado. Ele deseja ser amado como ninguém mais, em outra passagem o NOSSO SENHOR disse “Quem ama o pai ou a mãe mais do que a mim não é digno de mim; e quem ama o filho ou a filha mais do que a mim não é digno de mim.(Mateus 10:37) essas palavras soam duras para nosso coração que coloca amor sobremaneira em pessoas e coisas acima de DEUS. Essa é uma verdade inegável, há que ame seu carro, sua casa, seu dinheiro, seu emprego, seus filhos, seus pertences, ame coisas e pessoas, muito mais além do que amam a DEUS. A maior parte dos cristãos que vivem uma vida religiosa que está somada a apenas algumas horas de um dia de semana ou um final de semana, num culto, dentro de um templo, não podem estar encaixados na exigências dos versículos acima. Há muitos senão a maior parte dos cristãos, estão associando cultos e reuniões, como uma obrigação, não como algo que dá prazer e alegria, mas algo que precisam carregar, culto é sinal de fardo, não de comunhão e felicidade. Quase sempre, duas horas é o suficiente para enfadar qualquer cristão moderno. E quase sempre o pensamento está envolto na preocupação de quando o culto vai terminar, o coração muitas vezes está preocupado com o dia de amanhã, e a alma está marcada pelo fardo das preocupações cotidianas. Acho que isso não soa a realidade também na sua vida?

Meu DEUS, como estamos longe de ser aquilo que devemos ser. Como estamos longe do cristianismo bíblico, como CRISTO mesmo ensinou. Estamos envolvidos com nossos caprichos e nossas opiniões, não em fazer a vontade de DEUS, mas tão somente em fazer a nossa vontade e nada mais. Nosso culto familiar, onde a família deve estar centralizada numa adoração intensa ao SENHOR, já não existe. Nossos momentos a sós com o SENHOR, também já mais existem. Estamos vivendo num relacionamento distante DEUS, talvez sustentando uma espécie de neoagnosticismo, onde quase sempre está em voga a espiritualidade de que DEUS esteja tão distante, que já não faz mais a diferença se ELE existe ou não. Amar a DEUS de todo o coração, de toda a alma e de todo o pensamento, e CRISTO conclui que também deve ser o nosso amor pelo próximo na mesma intensidade de que amamos a nós mesmos. Mais uma vez difícil. Não é?

Hoje vivemos a época do evangelho da auto-estima, amar a nós mesmos, colocar o nosso eu no centro do universo. Mas a bíblia não ensina isso, ela nos ensina de outra forma, o foco do nosso amor é DEUS, ele deve ser amado sem medidas, a expressão “de todo” é toda inclusiva, não pôe limites para o amor, ele é capaz de tudo, vai mais além do que as coisas comuns, sua expressão radical se concretiza em João 3:16, ali vimos que DEUS amou. E qual foi a ação desse amor? O próprio CRISTO, seu sacrifício redentor, sua obra no Calvário expressou a plenitude de amor autentico. É assim que precisamos também amar.

Cristo sempre nos chama para a vida radical. Ele convida a negar-se a nós mesmos e carregar a nossa cruz, isso não é algo normal. O conceito que satanás tem a respeito do homem comum é: “Pele por pele, e tudo quanto o homem tem dará pela sua vida.”(Jô 2:4). Se faz necessário afirmar que o cristianismo e o próprio Cristo tenta tratar com o nosso ego e com nossos sentimentos. Quando é tratado do assunto “amor” entra em jogo muitos conceitos errados que temos a respeito desse sentimento nobre. Tanto com relação a DEUS, como em relação a nós mesmos e ao nosso próximo. Michel Quoist certa vez escreveu: “Na nossa vida só a duas soluções: amar a si próprio até o esquecimento total dos outros, ou amar os outros até o esquecimento de si próprio”.

A maior parte dos cristãos não atentam para essas verdades, muitos abraçam a superficialidade do cristianismo comum. Amar com toda a intensidade, primeiramente a DEUS e depois ao nosso próprio não é uma experiência da maioria dos cristãos modernos. Vejamos como essas palavras tinham sentido para os cristãos primitivos: “Quem perder a sua vida por amor de mim, achá-la -á” (Mateus 10:39). Mas para nós ela perdeu seu sabor, porque nosso foco não é amar a DEUS, com toda a intensidade, nosso coração não está focalizado no reino, somos excessivamente materialistas, temos que reconhecer esse fato. Mas quando DEUS nos convida a amá-lo de maneira radical, temos que responder a essa chamada. Convido você a refletir, reler essa matéria e mudar seu estilo de adoração, aumentar o fogo do amor pó DEUS, deixar queimar dentro do coração uma paixão radical pelo SENHOR. Comece a fazer isso agora.

Amém

CLAVIO JUVENAL JACINTO

sexta-feira, 22 de outubro de 2010

Audio evangelistico





História de DEUS em português, é um projeto a nível mundial. Você pode ouvir e gravar em CD esse maravilhosos recurso, para sua edificação e para distribuição livre em evangelismo. Para baixar a mensagem em áudio, é só acessar:

http://www.gods-story.org/soundclips.htm

Faça bom uso desse recurso evangelistico!

sexta-feira, 15 de outubro de 2010

Vamos evangelizar

Vamos evangelizar amigos, vizinhos e nossos familiares? então eis ai uma excelente forma de evangelizar: enviar folhetos e mensagens evangelisticas para todas as pessoas que você conhece, e disponibilizam um e-mail.
acesse o seguinte endereço na internet:


Escolha a mensagem que mais ache conveniente e envie para todas as pessoas que você conhece.

Vamos semear as boas novas enquanto Jesus ainda não voltou...

sexta-feira, 8 de outubro de 2010

A SINDROME DO CRISTIANISMO CAPITALISTA



E por avareza farão de vós negócio com palavras fingidas; sobre os quais já de largo tempo não será tardia a sentença, e a sua perdição não dormita. (II Pedro 2:3)

O cristianismo tornou-se de fato uma fonte muito lucrativa, a maioria dos lideres e das denominações evangélicas embarcaram na onda consumista capitalista dos últimos dias. Pouca gente critica essa postura decadente e materialista do cristianismo moderno. O negócio lucrativo do cristianismo rende milhões a cada ano, e vem crescendo cada vez mais. A exploração da fé e o mercantilismo cristão, é um filão que não somente vem causando escândalos sociais, mas tem chamado a atenção da mídia secular, por causa dos resultados apresentados.

Infelizmente não encontramos essas características na igreja de Atos dos apóstolos. Não faz muito tempo, vi um irmão escandalizado, porque foi a um culto em uma certa denominação pentecostal, e se assustou com a quantia de envelopes para contribuição, e ainda por cima cobravam uma certa quantia voluntária por uma oração. As inclinações para um cristianismo capitalista, tendo como função dinâmica a cobrança de atividades espirituais transparece muito bem na atitude de um certo Simão mágico, descrito em Atos dos apóstolos capitulo 8. Dessa inclinação de Simão, nasceu o termo “simonia”.

Quando lemos a historia dos reformadores, vamos encontrar em seus escritos duras criticas a pratica supersticiosa do romanismo, aliada a simonia, venda de objetos considerados sagrados ou a venda de indulgências para fins determinados. Os reformadores tomaram dura oposição a essa pratica mercantilista, e os mesmos ficariam estarrecidos se pudessem ver o protestantismo moderno,e com certeza talvez jamais entenderiam como podem ser considerados protestantes ou cristãos, pessoas que praticam o que os próprios reformadores combateram com tanta ousadia. A resposta para essa conduta tão baixa do cristianismo moderno é a apostasia.

Há uma inversão de igrejas quando comparamos a igreja de Atos com a igreja moderna. Enquanto que em atos vimos pessoas vendendo suas propriedades para dividir entre os necessitados, nas igrejas modernas vimos lideres tirando dos necessitados para construir impérios, ou para viver a arrogância de um ministério glamoroso, cujo ministro tem direito ao mais elevado conforto, enquanto que o povo seduzido fica esperando a tal prosperidade que nunca chega como é prometido encima dos púlpitos.

A igreja primitiva não vendia bênçãos, não era uma igreja de pessoas ricas, mas de pessoas simples, como podemos ver no episodio de Pedro e João na porta formosa quando anunciava para o paralítico que não tinham nem prata e nem ouro(Atos 3:1 a 10). Não havia todo um sistema supersticioso, vendas de rosas, sal ungidos, e lenços, não havia água abençoada, não havia esses talismãs para fortalecer a fé dos novos cristãos. A maioria dos cristãos eram remanescentes da época da crucificação, e tinham grandes oportunidades de fazer do cristianismo um negocio prospero, indo atrás da cruz de cristo e desfazendo-a em muitos pedaços para revender nos cultos, sim poderiam ir na casa de Maria e tomar todas as roupas de cristo para revendê-las por preços exorbitantes. Mas não vimos isso. A igreja de Atos era uma igreja liberta da avareza(II Corintios 4;18) e nos raros casos em que esse mal foi visível, vimos o juízo de DEUS operando contra os avarentos. (Atos 5;1 a 11)

Era uma igreja liberta da superstição, não havia liturgias complexas, todos tinham tudo em comum, era uma igreja que funcionava na dinâmica do compartilhar uns com os outros, não havia um sistema de caixa único onde se recolhia ofertas para sustentar o ministério apostólico, não há nem mesmo traço de um único apostolo fazendo isso, e infelizmente nenhum deles viveu a custa de altos salários exorbitantes, como vimos hoje em muitos setores evangélicos, onde a liderança é coroada com salários altíssimos, conforto e glamour, enquanto que os irmãos pobres se esfolam durante toda a semana, para conseguir o mantimento diário para seus familiares. Tal contraste é nítido, e só não vê quem é cego. Tornar-se um pastor, em certas denominações, é um cargo de grande aspiração, porque rende um bom salário, e dependendo da denominação e do tamanho da congregação, tal líder tem salários tão altos, que daria inveja aos mais sublimes profissionais de ramos seculares. Tudo isso tem algo que se parece com ministério bíblico e apostólico? Não, infelizmente não.

Creio que muitas pessoas não vão gostar desse artigo, justamente porque denuncia a decadência dos muitos setores do cristianismo organizado.

As coisas se complicaram bem mais depois que a teologia da prosperidade invadiu os púlpitos. A nova geração de cristãos foi treinada para buscar bênçãos na igreja, foram ensinadas a buscar bens materiais no cristianismo, não há posturas de adoradores na maioria dos templos, a ênfase é na busca frenética pelo bem estar pessoal. Diluídos nessa perspectiva, esquecem que Jesus muito ensinou sobre os perigos da super-enfase aos bensa materiais, em Lucas 12:13 a 20, ele cita a parábola do rico insensato, que de modo tão irônico pode ser aplicado aos nossos dias, desde que se faça uma interpretação materialista, algo soa interessante no texto acima. O rico foi muito abençoado no seu empreendimento. A colheita foi tão abundante, que ele teve que derrubar os celeiros para construir outros maiores para condicionar sua colheita abençoada, mas o final foi trágico, o insensato se esqueceu da sua alma.

Outro fato interessante, agora na vida de Moisés, em Êxodo 36:5 a 7, Moisés mandou o povo cessar suas contribuições para a construção dos utensílios do tabernaculo. Porque ele fez isso? Porque já havia o suficiente, e não queria se enriquecer as custas dos bens alheios. Hoje muitos lideres de ovelhas, pasmem vive no mais alto luxo, num nível de vida elevado, enquanto que suas ovelhas dizimistas, esfolam as mãos no trabalho cotidiano e através do suor ganham o pão de cada dia. Que contraste com o ministério de Cristo, que contraste com o ministério de Paulo, de Tiago, de Pedro e dos outros apóstolos. Não encontramos um só versículo no NT que apóie esse cristianismo capitalista desequilibrado e injusto. Que faz o contraste entre lideres e ovelhas. Lideres andam de carro importado, e ovelhas andam a pé, metrô, ônibus, bicicleta etc. o contraste é muito grande, mas não se esqueçam, chegará o dia do grande juízo. Então tudo estará diante do SENHOR, ele julgará com justiça, cada um daqueles se omitiram de viver e defender a justiça do reino dos céus.

CJJ


Este artigo também foi publicado em:

www.judas3.blogspot.com

Visite também esta página, material apologético e novidades para você.

quarta-feira, 6 de outubro de 2010

VIDA COMO O AMANHCER





Cristãos são aquelas pessoas que existem para revelar beleza espiritual para esse mundo obscurecido pelo pecado. O senhor precisa manifetar amor e beleza para os homens, e os cristãos são esses instrumentos. Posso ilustrar essa condição através de uma flor que durante a noite silenciosa recebe o orvalho destilado dos céus, e ao amanhecer recebe a luz vitalicia do sol nascente. O resultado é extraordinario, , luzes e cores se fundem num momento precioso elevando o coração daqueles que contemplam tão sublime episodio, ao encontro de um sentimento celestial; Nós tambem precisamos receber desse orvalho que cai nas madrugadas da oração, e o sol da justiça transmitirá seu brilho maravilhoso até nosso coração. É pela vida de oração e intimidade com ELE, que DEUS transmite o amanhecer da luz espiritual.

CLAVIO J. JACINTO

COLETÂNEA DE PENSAMENTOS E REFLEXÕES PARA SEU ENLEVO ESPIRITUAL







Sempre precisamos de luz para andar na noite, e do evangelho para andar nos caminhos de DEUS.

Frutifica em abundancia quem planta em sincero amor

Os frutos da justiça acompanham pessoas de fé nobre

Frutificai sempre, e não deixai a esterilidade invadir vossas vidas.

Qual é o preço do amor? Vivenciá-lo ao custo do martírio.

O sol nunca está distante das almas que esperam o amanhecer

Deus sempre está presente quando nosso coração está aberto para a verdade

A imagem da beleza pode convencer mais do que o discurso infame

Beleza é a filosofia da imagem

As pedras no caminho podem ser obstáculo, no abismo podem fazer pontes, no perigo podem armas.

O reflexo pode ser fiel, mas sempre será uma imitação, assim é o homem que quer ser justo sem a justiça da cruz

As flores da esperança sempre nascem em jardins de paciência

O custo do cristianismo é a própria vida por CRISTO e para CRISTO

A competência da espiritualidade e á vida de martírio.

Ser diferente por CRISTO, é a meta de quem não quer ser indiferente diante do que ele fez por nós.

O vigor da esperança sempre vai depender de uma fé nobre.

A solidão dos poucos é mais conveniente do que a multidão dos loucos

a sombra necessita da luz para realçar, e o santo da provação para ser luz.

Os momentos bons passam com o tempo, mas as marcas dos bons momentos ficam para sempre.

Uma subida mais nobre é melhor do que um declínio para a vergonha

Um caminho difícil de percorrer pode trazer mais segurança do que um caminho fácil e com ele a imprudência.

A oração é a ponte que liga a fé com os milagres

A bondade de DEUS se manifesta na maioria das vezes em abundancias e bênçãos que muitas vezes passam sempre despercebidas.

Deixe a luz brilha na vida, e CRISTO será visível na vivencia diária.

Quando a palavra vem ao coração como orvalho, a alma sente o refrigério celestial

Uma simples folha diz tudo para quem crê, e não diz nada para quem é cego.

O céu é tudo mais além do que os olhos podem contemplar nesse mundo.

Transforme seu cotidiano pelo amor, agindo como se não houvesse outra opção.

A estrada que eleva a alma, por ter acesso mais difícil, não cativa os olhos de quem contempla cinzas.

Quem frutifica para o seu próprio egoísmo, produz fruto venenoso.

Os olhos que não penetram além das aparências, podem enganar corações superficiais.

As nuvens negras não são ameaças para quem está esperando a chuva.

Amar a DEUS é a ocupação mais elevada que alguém pode ter, depois de crer na sua bendita misericórdia.

Amar a CRISTO em todo o instante é esperá-lo a qualquer momento.

O caminho estreito é o caminho dos bravos.

A pratica do amor conduz para o progresso da sensibilidade.

A verdadeira fidelidade a DEUS, nunca pode ser condicionada as circunstancias terrenas

A melhor posição para enfrentar uma batalha espiritual é de joelhos

Pregue o evangelho de CRISTO e viva o evangelho de CRISTO, para não ser culpado pela cruz de CRISTO.

Apostatar-se é tomar o veneno que outrora advertíamos aos outros que não tomassem.

A manifestação da vida de CRISTO opera pela pratica do verdadeiro evangelho


Autor: CLAVIO JUVENAL JACINTO


Centenas de reflexões, pensamentos, poemas e estudos bíblicos podem ser lidos em:

www.crereamar.blogspot.com

Faça uma visita e confira!

segunda-feira, 4 de outubro de 2010

ATENÇÃO: CUIDADO! LIVRARIA EVANGÉLICA!



Até bem pouco tempo atrás, digamos algumas décadas somente, não havia praticamente nenhum problema em entra em uma livraria cristã, para comprar um livro que pudesse nos ajudar no crescimento e progresso da vida espiritual.

Tal despreocupação se acabou, hoje nosso cristianismo está minado pela confusão e quase sempre tudo o que existe de doutrina estranha que aparece no contexto evangélico se transforma em literatura.

No começo da minha fé, certa vez conversei com um pregador que me trouxe uma bíblia e um livro evangélico, ele colocou ambos encima da mesa e olhou para mim e me disse: “olha a bíblia é pão, coma a vontade e quanto quiser, sempre irá te fazer bem” logo em seguida tomou o livro evangélico e disse: “isso é peixe, tome cuidado com os espinhos” a lição serviu, e desde então tenho me preocupado com aquilo que leio ou repasso para outros lerem.

Acontece que um numero enorme de livros, geralmente vindos do exterior, invadem cada ano as livrarias cristãos, e pelo fato de fazerem enorme sucesso, tendem a fazer aqui também, e se rendem dividendos sem duvida nenhuma, editá-los é lucro certo. É a base da nossa visão mercantilista do evangelho. O filão evangélico é bem consumista, e por isso qualquer um pode gravar CD, DVD e escrever, que sempre terá alguém para consumir o seu “produto cristão”.

Hoje místicos católicos tem livre acesso nas estantes de livrarias cristãs, muitas doutrinas estranhas pregados e ensinados pelos teólogos da prosperidade e da confissão positiva também são acessíveis e se pode encontrar em numero considerável em qualquer livraria evangélica.

A literatura tem um poder muito grande, e uma capacidade eficiente de moldar toda uma cultura, e no caso do cristianismo, de levar a cabo, a proliferação de doutrinas espúrias e pseudo-cristãs.

Se me uma cultura onde a leitura não é apreciada, o que podemos ver é um retrocesso, em uma cultura onde a leitura é descuidada, o que podemos ver é confusão. Na verdade hoje, precisamos até mesmo ter cuidado com o tipo de tradução de bíblia que vamos comprar, se é assim com as escrituras, imagine então com os livros. Milhares de títulos circulam por ai, e para alguns isso pode soar uma benção, mas não é. Há muita coisa perigosa impressa em capa de livro evangélico. As declarações feitas por certos escritores e lideres ou profetas modernos podem ser verdadeiros desvios doutrinários. Para ver o quanto isso é sério, sugiro a leitura de dois livros muito esclarecedores, o livro de Hank Hannegraaf “Cristianismo Em Crise” e os dois de Dave Hunt: “A Sedução do Cristianismo” e “Escapando da Sedução”. Nessas obras encontramos informações e orientações que trazem discernimento bíblico para todos os que querem ter compromisso com a ordotoxia em tempos de apostasia.

Vejamos exemplos claros, muitos cristãos bíblicos tem advertido sobre o livro “A cabana” de William Young, o livro ensina desvios sérios, como pode ser observado na nota final desse estudo.

Varias correntes modernistas da igreja protestante, comumente chamada de apostatas tem trazido a tona velhas heresias, muitas delas de raízes gnosticas. Não é somente o relativismo moral que invade as igrejas, é também sérios desvios doutrinários, e como disse alguém: “há muito lixo impresso chamado de livro cristão”. Todo o cuidado é pouco, e nesse tempo difícil, precisamos de discernimento espiritual, e não favorecer pessoas que não verdadeiro compromisso com O SENHOR e com as verdades evangélicas. Outros livros que fizeram enorme sucesso aqui e também no exterior foram os livros de Mary Baxter chamados de “A Divina Revelação do inferno” e “A Divina Revelação do Céu” as narrações contidas nas experiências de Baxter e repassadas nas paginas de seus livros, ultrapassa as barreiras da ficção teológica e repousa encima de uma enorme quantidade de revelações extrabiblicas. Embora ela carecesse muito de um apoio bíblico bem sólido para provar serem verdadeiras suas experiências, não deixou de ter êxito por isso. Quando a bíblia não é suficiente, o cristianismo não é eficiente, e Baxter engrossa alinha dos novos escritores que sustentam um ministério não pelo que a bíblia ensina, mas segundo as experiências místicas que recebem do além. É triste, mas há uma enorme quantidade de livros perigosos, antibiblicos e heréticos, que fluem veneno de suas paginas e que estão expostos nas livraria evangélicas. Portanto tome cuidado, porque você pode ser fatalmente envenenando.

CLAVIO JUVENAL JACINTO

Notas finais:

Para ver algumas heresias e desvios doutrinários de Bennin Hinn:

http://www.rodrigocmagalhaes.com/2009/03/benny-hinn-porto-alegre-e-agora.html

desvios doutrinários do livro A Cabana de William Young:

http://christianresearchnetwork.com/?p=11862

Para conhecer os erros de Mary Baxter:

http://obereano.blogspot.com/2009/03/divina-revelacao-do-inferno.html

2012 OLHANDO PARA O CÉU, MAS NÃO PARA CRISTO!


Crer que finalmente nosso planeta será destruído por um hecatombe, conseqüente de um choque com outro planeta ou um asteróide, não é uma novidade, para quem ta ligado com a questão do ano de 2012 e as profecias maias, e para nosso esclarecimento as profecias são de um povo pagão, deleitosos do sacrifício humano, sedentos por derramamentos de sangue para aplacar a ira de falsos deuses. Recentemente, uma profecia dessa magnitude falhou, e para quem tem memória boa e gostava de buscar coisas nesse tema, ouviu falar sobre Nancy Lieder, que afirmava receber mensagens canalizadas dos zetans, esses tais zetans, nomenclatura muito parecida com “satans”, afirmou a Lieder que o mundo ia sofrer um cataclismo em maio de 2003. nada aconteceu.

A questão do mito 2012, nos leva para uma reflexão, Nibiru, era um deus pagão dos mesopotamicos, esse tal de Nibiru, segundo alguns é um planeta X , escondido no nosso espaço, e que pode se chocar com essa terra. Eu já ouvi essa mensagem antes, e pelo que sei, inclusive por um autor místico brasileiro que escreveu um livreto que circulou na bancas de jornais de nossa nação a alguns anos atrás. As pessoas são condicionadas para olhar para o Nibiru, que como o deus pagão não existe. A atenção do povo sendo condicionada para uma ilusão religiosa.

Porque as pessoas não estão dispostas em crer nas profecias bíblicas, mas estão prontas ´para se crer em tudo o que se anuncia por ai?

Simples, o deus desse século cegou o entendimento das pessoas para que a verdade do evangelho não resplandeça em seus corações.

Quero lembra aos leitores, que o mitologia 2012 tem dois grupos distintos: o primeiro crer que em 2012 se dará inicio ao apocalipse, e o outro mais místico e menos trágico, crê que se dará inicio a nova era. A nova era utópica atrasada, que minou com a fé doentia de muita gente que durante as décadas posteriores ao ano 2000, esperavam que a mudança de milênio traria também uma nova transição, a era de aquário daria inicio a uma nova ordem de coisas, uma idade de ouro. Mas as naves alienígenas perderam o caminho da terra, não pousar aqui, a idade de ouro não veio, ao invés disso vimos a idade da poluição física e espiritual. Que grande confusão estamos vivendo!

É fato bíblico que o mundo em tempos de crises morais e espirituais, viva como conseqüência, não somente a ilusão mas também a confusão. Nesses dois conceitos o inimigo trabalha a fim de iludir mais ainda uma humanidade que já jaz no maligno, como disse em uma de suas epistolas, o apostolo João. Vejamos no que consiste o mito de 2012: elementos de escatologia cristã, somados a paganismo e conceitos novaerenses, com uma pitada leve de ocultismo, a fim de não espantar muito o freguês mais cuidadoso. Nosso tempo é especial nisso, consegue fazer com falsas informações como o suposto Nibiru, seja uma verdade, enquanto que os mais proeminentes estudiosos no assunto de astrofísica e astronomia tem negado diligentemente. Nibiru é um mito que se fortalece devido a Internet, e tem elementos de ocultismo, paganismo e espiritualismo, como um tempero para dar sabor de verdade ao mito. Mas os que conhecem a bíblia não tem se preocupado com isso. Nosso foco não é um astro estranho e oculto e que só pode ser visto pelos que não podem ver nada, além do que os outros falam e afirmam.

Como o filme doutrinário, acendeu a fogueira da curiosidade humana, o tema se proliferou e tornou-se um fenômeno mundial, e agora todos olham para o céu em busca do astro estranho, o mito de 2012, está longe das profecias bíblicas, está longe da escatologia ortodoxa, está longe dos ensinos de CRISTO e está longe do Apocalipse. Está longe da verdade.

Olhando para o céu, e muitos estão fazendo assim, esperando uma invasão extraterrestre, e até a ONU, já está nomeando um embaixador para o caso de uma descida de extraterrestres. Essa vinculação com a ufologia é ideal para dar suporte a uma explicação plausível para o desaparecimento súbito de alguns milhões de pessoas, e quero vos dizer que o arrebatamento não será de tão grande proporções como querem acreditar alguns. Pelo que podemos ver do nosso cristianismo atual, a condição espiritual da maioria é deplorável.

Assim o povo está sendo treinado para ver os céus, mas não CRISTO, eles querem enxergar qualquer coisa, planetas x, asteróides, discos voadores e naves mães, civilizações interplanetárias e planetas habitados, querem enxergar tudo, menos CRISTO JESUS.

O filme dirigido por Roland Emmerich fez muito sucesso, aguçou a curiosidade das pessoas, fez marketing encima do paganismo, e desviou milhões de pessoas para uma visão distorcida dos céus.

Só para se ter uma idéia de como um filme, teorias desenvolvidas na Internet e outras coisas entrelaçadas pode fazer a nível mundial, cito um trecho da revista Galileu “Nessa data se encerra um calendário que era usado pelos antigos maias no auge da sua civilização. Por isso, todo o movimento envolvendo o ano de 2012 é chamado genericamente também de "profecia maia". Enquanto o tal dia não chega, a turma se prepara consumindo livros, documentários, DVDs e palestras. Uma busca pelos termos "2012" e "maya" (em inglês) no Google revela mais de 2 milhões de citações. Isso é a ponta do iceberg de uma riquíssima comunidade, estruturada em centenas de blogs, fóruns, sites, portais e até uma versão particular da Wikipédia, o "2012wiki". Em fevereiro foi lançado nos EUA "2012 - Doomsday" ("2012 - O Dia do Juízo Final") e dois outros filmes devem sair até 2010, um deles sob a batuta do diretor de "Independence Day" (1996), Roland Emmerich. Nos últimos dois anos, pelo menos 18 livros sobre o tema chegaram às prateleiras nos EUA, boa parte com termos como "apocalipse" e "cataclisma mundial" em seus títulos. Por aqui, só no primeiro semestre deste ano foram publicadas três obras.(1)

Os quais lhes disseram: Homens galileus, por que estais olhando para o céu? Esse Jesus, que dentre vós foi recebido em cima no céu, há de vir assim como para o céu o vistes ir.” (Atos 1:11)

A bíblia exorta a olharmos para o céu, mas não para colocarmos nossa atenção em um suposto Hercobulus, nibiru ou planeta X, ou mesmo para a chegada de supostos extraterrestres. Os olhos do verdadeiro cristão estão fixos em Cristo, sabemos que ele vai voltar, como predizem as escrituras do novo testamento.

A atenção dos últimos dias deve ser voltada somente para CRISTO, ele virá novamente, e esse é centro da informação escatológica “Olhando para Jesus, autor e consumador da fé, o qual, pelo gozo que lhe estava proposto, suportou a cruz, desprezando a afronta, e assentou-se à destra do trono de Deus.” (Hebreus 12:2)

A bíblia nos adverte constantemente: “Porque ainda um pouquinho de tempo, E o que há de vir virá, e não tardará.(Hebreus 10;37)

Devemos olhar agora para o céu, sim devemos reavivar a nossa esperança. Porque a nossa redenção se aproxima, deixemos que o mundo fique a espera de um astro intruso, esperem as suas calamidades e suas catástrofes, olhemos firmemente para O SENHOR QUE VIRÁ EM BREVE NOS ARES, como profetizou Paulo em I tessalonicenses.

sábado, 2 de outubro de 2010

O MUNDO INVISIVEL E SEUS PERIGOS TRAIÇOEIROS



Talvez você já tenha ouvido falar sobre vários fenômenos envolvendo seres extra-fisicos, coisas desconcertantes como alguém que afirma receber mensagens de ETs ou seres de luz ou entidades não corpóreas. Isto é comum em qualquer lugar, desde médiuns em cidades grandes, xamãs nos lugares mais remotos do planetas, channelings em centros de meditação ou em agrupamento de pessoas que crêem em UFOs ou em uma suposta fraternidade branca ou ainda em qualquer desses movimentos espiritualistas na Nova Era. Há evidencias de um mundo invisível, e a bíblia mesmo ensina isso, e estou aqui me referindo a seres invisíveis, de tendências malignas que semeiam erros e confusão para desviar a humanidade da verdade do evangelho.

"MAS o Espírito expressamente diz que nos últimos tempos apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores, e a doutrinas de demônios;" (I Timóteo 4 : 1)

Paulo escreveu isso muitos séculos atrás, e isso é tão valido hoje quanto em seu tempo. O problema é que muitos estão dando crédito aos espíritos enganadores e não as advertências de Paulo.

A bíblia ensina que existe um mundo invisível, povoado de espíritos caídos, a bíblia fala a respeito dessas potencias invisíveis em diversas passagens. O cristianismo histórico e ortodoxo durante todos esses séculos vem afirmando e defendendo essa realidade. Isso pode ser observado na experiência cristã e também no espiritualismo ocultista e nas mais diversificadas manifestações religiosas do passado e do presente. Temos um exemplo comum, o fenômeno OVNI por exemplo, após anos de pesquisas, um renomado pesquisador do assunto OVNI afirmou: “as infinitas mensagens de seres do espaço daria para encher uma biblioteca , e enquanto esses seres afirmam representar algum outro mundo, o conteúdo dessas mensagens as mensagens recebidas por médiuns místicos” (John Keel em UFOs Operação Cavalo de Tróia pág 183)

Nós lemos em Gálatas 1:8 que não deveríamos receber um evangelho diferente, mesmo que esse fosse apresentado por um anjo que descesse do céu. Pelo fato de Paulo nos advertir assim, ele sem duvida estava revelando que isso poderia ocorrer e tem ocorrido exatamente assim. Infelizmente, não se tem levado em conta essa advertência e as pessoas tem abraçado novas revelações vindo de seres supostamente alienígenas ou até mesmo de seres espirituais que se fazem passar por toda sorte de entidades, inclusive algumas pretendendo se apresentar como o próprio Jesus Cristo, transmitindo novas revelações para médiuns, canalizadores e contatados, e ainda que o conteúdo dessas mensagens esteja completamente em contradição com os ensinos bíblicos, as mensagens são impressas e divulgadas e quase sempre tem um bom numero de pessoas que aceita e acredita na veracidade.

Assim vimos na experiência espiritualista mediúnica de Brad Steiger a informação de que sua inspiração para escritos de novas revelações de cunho místico-esotérico-escatológico-ocultista foram provenientes de seres espirituais de fonte desconhecida: “A inspiração para o livro veio após uma visita espiritual que se materializou diante de mim em duas noites consecutivas... acordei na madrugada depois da segunda visita, com as idéias para o fogo divino borbulhando no meu cérebro. "

Sabemos pelos escritos bíblicos, que satanás se transfigura em anjo de luz, e portanto se faz passar com grande facilidade por um mestre ascensionado, por um ser espiritual elevado ou por um ET de cultura elevada, a bíblia tão somente adverte "E não é maravilha, porque o próprio Satanás se transfigura em anjo de luz." (II Coríntios 11 : 14)

Agora podemos observar o quanto a biblia é clara com relação a esse assunto. Mas as pessoas não estão muito interessadas no que a bíblia tem a dizer sobre o isso. Satanás engana com muita facilidade as pessoas e o mundo, porque a sua fantasia é eficiente para condicionar as pessoas crédulas, ele sabe que o homem está obscurecido pelo pecado, e isso facilita seus projetos mentirosos.

Já no principio, encontramos o diabo operando por intermédio da serpente, no hebraico original, a palavra serpente, pode ser traduzida também como “luminosa”. Ali o príncipe das trevas mantém dialogo com Eva, depois nos primeiros capítulos de Jô, satanás mantém dialogo com Deus, e em Mateus 4, na tentação, satanás mantém dialogo com Cristo, em Apocalipse ele então é chamado de enganador de toda a humanidade. Assim notamos que no mundo espiritual caído, a comunicação é uma atividade constante. Isso também se encaixa perfeitamente com o fenômeno espiritualista antigo ou contemporâneo, os espíritos caídos estão sempre mantendo de alguma forma contato com os mortais.

Infelizmente há muitos céticos que não crêem nisso, para tais a visão mecânica de um universo materialista é tudo o que existe. Um cristão porém está mais adiante, ele crê na bíblia e sabe que a bíblia revela um mundo invisível, e potencias espirituais atuam de diversas formas, para enganar e destruir a humanidade.

Agora vejamos como essas mensagens vinda dos seres dos ares, que se identificam como ETs estão centralizadas neles mesmos, a seguir uma mensagem canalizada de Ashtar Sheran Estão nos apressando para salvar todas as almas que quiserem adaptar-se às transformações gloriosas exigidas pela Nova Era. Alguns de vocês serão retirados do seu planeta, afim de ajudar por algum tempo nos planos invisíveis, como milhares o fazem atualmente. Honra àqueles que por intuição divinamente inspirada, podem captar a verdadeira significação de nossa missão. Qualquer esforço de nossa parte, para adquirir seja o que for, dos valores do seu planeta Shan, seria imperdoavelmente vil, tendo em vista que uma grande parte dos habitantes do seu planeta está em lamentável situação de penúria e subnutrição. Temos a intenção de ampliar os seus recursos e não de diminuí-los. O contraste que há entre as condições harmoniosas de nossos próprios planetas e a desordem caótica que existe em toda a parte onde vemos a vida tal como ela é vivida no planeta Shawt, é extremamente doloroso de observar.” (1)

As exortações vindas do espaço(segundo as fontes, de uranianos) não são nadas ortodoxas: “NÃO ACREDITEM EM NADA QUE VENHA DE FORA DE VOCÊS MESMOS.(2).

Olhemos mais atentamente para a historia de grupos e movimentos que surgiram mediante a manifestação de seres sobrenaturais. Joseph Smith, criador do mormonismo, começou seu movimento, quando teve contato com um ser supostamente angelical chamado Moroni, Helen Schucman e William Thetford escreveram o livro UM CURSO EM MILAGRES através de mensagens canalizadas de um ser espiritual que se identificava como sendo Jesus Cristo, desde a década de 1970 quando as mensagens foram recebidas, o livro ganhou notoriedade e foi traduzido para diversas línguas e ganhou muitos seguidores e simpatizantes. Outro livro que ganhou notoriedade foi o livro de Urantia, dele se desenvolve grupos de estudos em todo mundo e vem crescendo desde sua publicação, como podemos ver nessas informações: “O livro se intitula uma revelação ao mundo; terá sido entregue a um grupo de pessoas em Chicago, entre os anos de 1928 e 1934. Os autores se apresentam como sendo seres celestiais vindos de diversos pontos do universo a fim de compilar informações sobre Deus, o Grande Universo, a História da Terra e do Homem e da vida de Jesus.”(3)

Ainda podemos citar mais e mais exemplos, Emanuel Swedenborg, por exemplo, escreveu e teve muitas experiências sobrenaturais, e recebeu muitas mensagens e ensinos do além, mas tarde se desenvolveu um movimento chamado de Igreja da nova Jerusalém que defende e ensina seus escritos. Ao pesquisarmos com diligencia o espiritualismo, descobrimos mais e mais provas de que existe um mundo espiritual caído, que ensina tudo o que contradiz a bíblia, que enaltece o homem a divindade e proclama uma nova verdade, exemplo típico foram as obras de Newbrough John Ballou(1828-1921), que escreveu uma espécie de nova bíblia, recebendo mensagens de um anjo chamado Jehovih e seus embaixadores. Helena Roerich, fundadora do movimento Agny Yoga canalizou mais de 20 livros, Alice Bailey canalizou e escreveu mais de 25 obras, foi fundadora do movimento new age Lucis Trust. Outro espiritualista que escreveu mensagens canalizadas de uma entidade espirirual que se identificou como sendo Jesus Cristo, foi James Padgett, como já citei acima, o Jesus de Padgett afirmou em suas mensagens que as bíblias atuais não estavam apresentando a verdade com precisão. Padgett começou a receber mensagens e a fazer registros do que recebia, no inicio do século passado, e seus escritos tem sido difundidos por todo o mundo, inclusive na língua portuguesa. Não poderíamos deixar de citar o Ingl~es Arthur Conan Doyle , famoso espírita, autor do livro The New Revelation, titulo que veio a selar o espiritismo como uma nova revelação do mundo espiritual, Conan doyle foi autor prolifero, e influenciou muito o movimento espírita mundial.

Como podemos ignorar tudo isso? As provas são obvias, milhões de pessoas afirmam ter contato ou receberem mensagens vindo do além, de espíritos e de alienígenas, mestres ascensionados ou espíritos de luz. A bíblia também reforça esse fato, advertindo seus leitores que nos últimos tempos, apareceriam espíritos enganadores, veja bem as palavras de Paulo: “apostatarão alguns da fé, dando ouvidos a espíritos enganadores e a doutrinas de demônios” (I Timoteo 4;1). Está claríssimo pelo texto, que existem espíritos enganadores, e que nosso mundo está infestado deles.

Agora vejamos o que diz a profecia bíblica com relação aos últimos dias: E foi precipitado o grande dragão, a antiga serpente, chamada o Diabo, e Satanás, que engana todo o mundo; ele foi precipitado na terra, e os seus anjos foram lançados com ele.” (Apocalipse 12:9) agora vejamos bem o que este versículo quer dizer: primeiro ele satanás foi precipitado, significa que ele estava por cima e foi rebaixado, reduzido, entregue ao nível terreno. Segundo os anjos caídos foram lançados com ele. Terceiro : uma vez que satanás desenvolveu um sistema de comunicação eficiente com os homens, sua descida a esse mundo com os espíritos malignos, não vai ser um choque para humanidade, devido a enorme quantidade de pessoas que durante tanto tempo mantém contato com o seres de níveis astrais, satanás já vem preparando o cenário final. Estejamos atento a isso.

Mais adiante vamos encontrar as informações bíblicas de que todas as nações foram enganadas pelo ocultismo promovido pelo arqui-enganador o diabo, através de um sistema espiritualista chamado de mistério babilônia a religião dos mistérios(antigos): “E luz de candeia não mais luzirá em ti, e voz de esposo e de esposa não mais em ti se ouvirá; porque os teus mercadores eram os grandes da terra; porque todas as nações foram enganadas pelas tuas feitiçarias. (Apocalipse 18:23)

Um mundo espiritual existe de fato, a bíblia apóia essa tese, e como cristãos bíblicos precisamos advertir as pessoas que esse mundo é perigoso, enganador, e durante todos esses anos tem desviado a humanidade da verdade de forma sutil. Paulo, em sua carta aos Efesios fala que a nossa luta não é contra a carne e o sangue, e em seguida descreve classes de espíritos caídos que estão em conflito com a verdade, e veja onde ele descreve ser essa habitação: “Porque não temos que lutar contra a carne e o sangue, mas, sim, contra os principados, contra as potestades, contra os príncipes das trevas deste século, contra as hostes espirituais da maldade, nos lugares celestiais.(Efesios 6;12) Isso não seria uma resposta eficiente sobre perguntas inquietantes como: “qual é a origem dos discos voadores e seus tripulantes?” ou “quem são esses seres que se passam por espíritos de mortos, mestres de luz etc?”

Estejamos atentos aos acontecimentos finas...

O VERDADEIRO JESUS, CRISTO DIVINO E SALVADOR ESTÁ VOLTANDO E BREVE TODO O ENGANO SERÁ DESMASCARADO!!!

Clavio Juvenal Jacinto

Notas finais:

(1) http://www.caminhosdeluz.org/10.htm

(2) http://www.astrothon.com/Artigos/ArtigoIt0058

(3) http://pt.wikipedia.org/wiki/Urantia

AMOR CONJUGAL SEGUNDO AS ESCRITURAS



Vós, maridos, amai vossas mulheres, como também Cristo amou a igreja, e a si mesmo se entregou por ela,

(Efesios 5:25).

Sempre que leio as cartas de Paulo, me alegro, porque ao contrario do que muitos insinuam, Paulo não era machista, ele pelo contrario tinha uma sensibilidade e uma sabedoria espiritual muito aguçada, e ao escrever o texto acima, fico a imaginar como isso pode se encaixar na visa matrimonial de forma perfeita. Veja bem, o que DEUS exige de cada marido, é que ele ame a sua esposa com a mesma intensidade que CRISTO amou a sua igreja. Esse é o segredo do êxito em muitos matrimônios, essa é a exigência básica para um lar equilibrado, aqui está algo maravilhoso, tremendo, devemos amar com a mesma intensidade de CRISTO, sim quando ele MORREU para formar a igreja, ele estava amando a igreja e é isso o que DEUS exige de nós maridos.

Todas as coisas nesse mundo tendem a se desgastar com o tempo, mas o amor não faz as coisas se desgastarem, mas se aprofundarem, se enraizarem, ao ponto de fazer com que algo torne-se a ter dependência mutua. Marido e mulher dependendo um do outro, como uma só carne, vivendo na harmonia de um amor celestial. É o amor operando na vida matrimonial que torna o lar um lugar de paz, solidadriedade, fraternidade e justiça. Eu não posso aceitar que o amor de um marido por uma esposa possa ser menos que isso, porque a bíblia exige essa regra, esse mandamento como o caminho para a obediência plena dentro de um casamento que lá fora no mundo, perdeu seu sentido sacro.

O que acontece é que aquele amor tipo “Romeu e Julieta” tem tendências a se desaperecer com o tempo, porque o foco do nosso coração fica descentralizado quando a vida intima se desenvolve em um lar. O maor pratico deve ocupar um lugar especial na vida conjugal, e esse amor se materializa, na atenção e no dialogo mutuo, no apoio emocional e espiritual, na harmonia dos desejos, na visão e na perspectivas espirituais, os dois devem alimentar uma única esperança, e o alvo deve ser servir a DEUS, amar a DEUS e obedecer a DEUS. A bíblia ainda é o melhor manual que existe no mundo, quando o assunto é matrimonio. Ela não perdeu a sua configuração divina diante da incredulidade humana, e por mais que o mundo lute contra essa realidade, é tempo da igreja cristã se despertar e mostrar para o mundo que enquanto o matrimonio está perdendo sua força sacra e social, isso não acontece na igreja, se existe uma época em que se pode provar que os valores judaicos cristãos podem trazer benefícios para a sociedade, essa época é agora, mas infelizmente, o que se vê é triste, a igreja tenta se moldar aos valores do mundo, ao invés de combater a secularização do matrimonio, vimos pelo contrario uma abertura sem procedentes para o divórcio, só para citar um exemplo claro e definido sobre o assunto.

Mas a nossa meta é o amor, tal como o mundo não conhece, porque não entende os mistérios da redenção, mas nós que temos a luz do evangelho iluminando o nosso coração entendemos a força da expressão de Paulo quando diz que devemos amar a nossa esposa como CRISTO amou a sua igreja. É fato que poucos cristãos embora tenham já um grau de maturidade na vida matrimonial ainda não alcançaram esse estagio exigido pela palavra de DEUS. Esse amor com uma intensidade profunda deve ser nosso alvo. Paulo fala da esposa como um vaso mais fraco, e isso nunca quer dizer inferioridade, mas sensibilidade, as mulheres são mais sensíveis, os homens tendem a ser mais durões. As esposas se sensibilzam quando ganham flores, quando ganham um elogio ou um carinho de seu esposo. É nessa questão que Paulo fala do vaso mais fraco. Na relação matrimonial, creio que a mulher seja tão forte, em certas áreas da vida social, quanto o homem. Prova disso é que ela é quem sofre as dores do parto e não o homem. A intensidade da dor de ganhar um filho, é prova que a resistência é que faz uma pessoa forte.

Amar a esposa como a bíblia ensina que ela deve ser amada, deve ser um dos objetivos do marido na vida conjugal. Esse é um segredo glorioso, que faz com muitos casamentos sejam duradouros e sólidos, um casamento fundamentado nos princípios divinos tem estruturas sólidas e não se desmancha por qualquer coisa.

A questão é que nem sempre cultivamos aquele amor que tínhamos quando conhecemos nossa esposa no período do namoro, sabe, aqueles momentos lindos onde os sentimentos floresciam com vigor, onde crescia e se desenvolvia a vida amorosa, como as rosas que se abrem com todo o vigor no jardim.

Perdemos nosso homem poético com o casamento, perdemos a nossa inspiração romântica com o tempo, perdemos nossa pose de herói apaixonado com os anos, e pretendemos ser apenas um homem comum na sociedade dos casados. Que erro, um homem que tem como modelo o amor de CRISTO pela sua igreja, jamais será um marido comum, ele é capaz de morrer e dar tudo o que tem para não ver seu casamento ir “por água abaixo”. Ele é capaz de lutar até a sua ultima gota de sangue para ver seu casamento estruturado e não arruinado.

Amemos com a intensidade do amor de CRISTO, amemos e valorizemos esse ato conjugal, e o mundo a sociedade e a comunidade verá que o matrimonio cristão é uma grande luz que ilumina e revela a iniqüidade de nossa tempo. O que aos olhos do mundo sem DEUS parece ser impossível, para os casais cristãos que se comprometem com os mandamentos e as orientações divinas com relação ao matrimonio simplesmente será um fato. Façam isso, maridos e esposas, para que ao seu devido tempo, ateus, incrédulos e iníquos, filósofos relativistas e liberais possam ver com seus próprios olhos, que o cristianismo e seus fundamentos funcionam porque o seu fundador está vivo.

Igualmente vós, maridos, coabitai com elas com entendimento, dando honra à mulher, como vaso mais fraco; como sendo vós os seus co-herdeiros da graça da vida; para que não sejam impedidas as vossas orações.(I Pedro 3:7)

DEUS abençoe a todos

Clávio Juvenal Jacinto é Presbítero, Igreja Evangélica Renovada Missionária em Paulo Lopes SC

Visite minhas paginas na Internet

www.judas3.blogspot.com

www.crereamar.blogspot.com